O ano de 1953 foi marcado por alguns fatos históricos internacionais muito importantes. Um deles foi a morte do líder Joseph Stalin, em Moscou, fazendo com que Georgy Malenkov assumisse, então, o posto de primeiro ministro da União Soviética. Outro foi a assinatura do armistício pondo fim à Guerra da Coreia. Foi também em 1953 que começaram a funcionar nos Estados Unidos, em caráter experimental, as transmissões de televisão a cores.

Bloco 1
Risque (Ari Barroso) – Linda Batista
De cigarro em cigarro (Luiz Bonfá) – Nora Ney
Onde anda você? (Antônio Maria e Reinaldo Dias Leme) – Nora Ney
Fósforo queimado (Milton Legey, Paulo Menezes e Roberto Lamego) – Ângela Maria
Orgulho (Nelson Wanderkind e Valdir Rocha) – Ângela Maria
Só vives pra lua (Oton Russo e Ricardo Galeno) – Ângela Maria

Bloco 2
Sebastiana (Rosil Cavalcanti) – Jackson do Pandeiro
Forró em Limoeiro (Edgar Ferreira) – Jackson do Pandeiro
Cuco (Pascoal Melilo) – Pascoal Melilo
O chote das meninas (Luiz Gonzaga e Zé Dantas) – Luiz Gonzaga
Quando eu era pequenino (Francisco Alves, David Nasser e Felisberto Martins) – Carlos Galhardo
Mulher rendeira (tema popular/domínio público) – Demônios da Garoa e Homero Marques

Bloco 3
João Valentão (Dorival Caymmi) – Dorival Caymmi
Nosso mal (Carolina Cardoso de Menezes) – Jorge Goulart
Vai na paz de Deus (Ataulfo Alves e Antônio Domingues) – Dalva de Oliveira

Bloco 4
Zé Marmita (Luís Antônio e Brasinha) –  Marlene
Barracão (Luís Antônio e Oldemar Magalhães) – Heleninha Costa
Máscara da face (Klecius Caldas e Armando Cavalcanti) – Dircinha Batista

Bloco 5
Sistema nervoso (Wilson Batista, Roberto Roberti e Arlindo Marques Júnior) – Orlando Correira
É tão gostoso, seu moço (Chocolate e Mário Lago) – Nora Ney com acompanhamento de Radamés Gnattali e orquestra

Bloco 6
João Bobo (Ivon Curi) – Ivon Curi
Sodade, meu bem, sodade (Zé do Norte) – Vanja Orico
Minha prece (Haroldo Eiras e Ciro Vieira da Cunha) – Francisco Carlos
Se eu morresse amanhã (Antônio Maria) – Araci de Almeida
A camisola do dia (Herivelto Martins e David Nasser) – Nelson Gonçalves
Perdido de amor (Luís Bonfá) – Dick Farney com acompanhamento de Luís Bonfá

Bloco 7
Cachaça (Lucio de Castro, Heber Lobato, Marinósio Filho e Mirabeau) – Carmen Costa e Colé

Baseado no livro “A canção no tempo”, de Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello
Pesquisa, adaptação e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Edição e sonorização: Filipe Di Castro

Conteúdo relacionado