A moda das discotecas chegou com força ao Brasil em 1978, fazendo surgir o grupo Frenéticas na famosa casa noturna Dancin' Days, de Nelson Motta. O ano também foi marcante para Chico Buarque, que emplacou sucessos na sua voz e na de outros intérpretes, como Gal Costa, Maria Bethânia e Ney Matogrosso. Muitos vieram da sua peça Ópera do malandro. Entre outros destaques da temporada, composições de Caetano Veloso, Milton Nascimento e Tim Maia. 

Bloco 1

Dancin’ Days (Nelson Motta e Rubens Queiroz) – Frenéticas
Perigosa (Rita Lee, Roberto de Carvalho e Nelson Motta) – Frenéticas
Sossego (Tim Maia) – Tim Maia
Sandra Rosa Madalena, a cigana (Roberto Livi e Miguel Cidras) – Sidney Magal
A noite vai chegar (Paulinho Camargo) – Lady Zu

Bloco 2

Cálice (Chico Buarque e Gilberto Gil) – Chico Buarque e Milton Nascimento com coro do MPB 4
O meu amor (Chico Buarque) – Marieta Severo e Elba Ramalho
Homenagem ao malandro (Chico Buarque) – Chico Buarque

Bloco 3

Outra vez (Isolda) – Roberto Carlos
Quem dá mais (Beto Suryan) – Antônio Marcos
Lady Laura (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) – Roberto Carlos
Café da manhã (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) – Roberto Carlos
Força estranha (Caetano Veloso) – Roberto Carlos

Bloco 4

Maria, Maria (Milton Nascimento e Fernando Brant) – Milton Nascimento
Bandeira do Divino (Ivan Lins e Vítor Martins) – Ivan Lins
Querelas do Brasil (Maurício Tapajós e Aldir Blanc) – Elis Regina
Não existe pecado ao sul do Equador (Chico Buarque e Rui Guerra) – Ney Matogrosso

Bloco 5

Folhetim (Chico Buarque) – Gal Costa
Teresinha (Chico Buarque) – Maria Bethânia
Trocando em miúdos (Francis Hime e Chico Buarque) – Chico Buarque
João e Maria (Sivuca e Chico Buarque) – Nara Leão e Chico Buarque

Bloco 6

Terra (Caetano Veloso) – Caetano Veloso
Sampa (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

Bloco 7

Sufoco (Chico da Silva e Antônio José) – Alcione
Guerreira (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) – Clara Nunes
Todo menino é um rei (Nelson Rufino e Zé Luís) – Roberto Ribeiro
 


Baseado no livro "A canção no tempo", de Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello.

Adaptação, pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Gláucia Araújo
Edição e sonorização: Filipe Di Castro