Roberto Carlos prefere que ele mesmo escreva sua biografia, não permitindo que outros o façam. Mas muito de sua vida está retratado nas suas canções. Por isso eu corro demais, Meu grito, Detalhes, O divã (sobre o acidente da infância), O portão e mesmo Meu nome é Gal são composições bem autobiográficas, como lembra este programa.

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Tania Morales, da CBN)

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro