Entre as composições para música clássica, aquelas feitas para conjutos de sopros costumam ser desprezadas, julgadas como superficiais. Mas, embora chamadas de “divertimento”, algumas dessas peças são momentos relevantes nas obras de seus autores. É o caso das de Mozart, Beethoven e Richard Strauss que Arthur Dapieve apresenta e comenta neste programa.

Repertório

Grande partita em Si bemol maior, K 361 – Adágio (5:20) – Mozart

Trio em Dó maior para dois oboés e um corne inglês – Allegro (11:14) – Beethoven

Sonatina nº1 em Fá maior – Allegro moderato (12:23) – Richard Strauss

 

Apresentação: Arthur Dapieve

Edição e sonorização: Filipe Di Castro