Linda flor, Iaiá, Ai, Ioiô… Três títulos diferentes (o último pegou mais), uma constatação: foi o nosso primeiro samba-canção. A história se iniciou em 1928, com os versos de Cândido Costa não caindo bem na melodia de Henrique Vogeler, e se consagrou no ano seguinte, com Araci Cortes cantando as palavras escritas por Luiz Peixoto e Marques Porto no espetáculo Miss Brasil. "Ai, Ioiô/ Eu nasci pra sofrer…", começa a letra de uma composição que marcou a música brasileira. 

 

Edição e sonorização: Filipe Di Castro