Noel Rosa morreu muito cedo, em 4 de maio de 1937, aos 26 anos. E o tema da morte aparece em algumas de suas composições. Às vezes de modo divertido, como em A B surdo, parceria com Lamartine Babo. Em outras, de modo dramático, casos de Fita amarela e Quando o samba acabou. Uma de suas principais composições, que ele não teve tempo de ouvir gravada, trata da morte de um grande amor: Último desejo. A versão aqui mostrada é uma rara, de Chico Buarque.

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Tania Morales, da CBN)

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro