Juca Chaves nasceu em 1938 no Rio de Janeiro, com o nome de Jurandyr, mas já na infância foi para São Paulo, onde fez a maior parte da sua carreira artística. Gostava de misturar melodias resultantes da sua sólida formação (foi aluno de maestros como Guerra-Peixe e Eleazar de Carvalho) com letras carregadas de humor e crítica política. Juca apareceu no final dos anos 1950 com músicas e comportamentos que lembravam a bossa nova, mas ele seria sempre um outsider. Caixinha, obrigado, de sua autoria, foi gravada em 1960. Muitas das críticas que estão na letra são atualíssimas.

Seleção e texto: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro