O produtor americano Wallace Downey encomendou a Alberto Ribeiro e João de Barro, o Braguinha, uma canção para um filme. Eles se inspiraram numa que já tinham feito, Era uma vez, e criaram em 1946 Copacabana, clássico instantâneo na voz de Dick Farney, arranjo histórico de Radamés Gnattali. João Máximo conta a história do nascimento da "princesinha do mar".

Apresentação: João Máximo

Edição e sonorização: Filipe Di Castro