O homenageado neste programa foi um dos grandes intérpretes da nossa música, “o maior cantor popular brasileiro de todos os tempos”, nas palavras do poeta Vinícius de Moraes. Marcou época com sua voz, seu ritmo e sua capacidade de modular e improvisar. Ficou conhecido por sua grande simpatia, bondade e capacidade de fazer amigos, como os com quem conviveu na Confeitaria Guanabara, durante a juventude. Amigos músicos e boêmios como seu tio Nonô, Valfrido Silva, Mário Travassos de Araújo, Dutrinha, Gadé e Ary Frazão, que, aliás, lhe deu o apelido de Formigão. Para os admiradores era chamado de “O cantor das mil e uma fãs”. Ele foi … Cyro Monteiro!!!!

Bloco 1
Minha homenagem (Ari Monteiro e Cyro Monteiro) – Cyro Monteiro
Enquanto houver amor (Dias da Cruz e Cyro Monteiro) – Orlando Silva
Madame fulano de tal (Dias da Cruz e Cyro Monteiro) – Murici Moura
O diabo da mulher (Benedito Lacerda e Cyro Monteiro) – Cyro Monteiro

Bloco 2
Se acaso você chegasse (Felisberto Martins e Lupicínio Rodrigues) – Cyro Monteiro
Perdoa (Kid Pepe e João Barcellos) – Cyro Monteiro
Pomba serena (Humberto Porto) – Odete Amaral e Cyro Monteiro

Bloco 3
Falsa baiana (Geraldo Pereira) – Cyro Monteiro
Beija-me (Roberto Martins e Mário Rossi) – Cyro Monteiro
Linda flor da madrugada (Capiba) – Cyro Monteiro
O bonde de São Januário (Ataulfo Alves e Wilson Batista) – Cyro Monteiro

Bloco 4
Formosa (Baden Powell e Vinícius de Moraes) – Cyro Monteiro e Elis Regina
Rugas (Nelson Cavaquinho, Augusto Garcez e Ari Monteiro) – Cyro Monteiro
Meu pandeiro (Luiz Gonzaga e Ari Monteiro) – Cyro Monteiro
Os quindins de iaiá (Ary Barroso) – Cyro Monteiro
Boogie-woogie na favela (Denis Brean) – Cyro Monteiro

Bloco 5
Ilmo. Sr. Cyro Monteiro ou Receita para virar casaca de neném (Chico Buarque) – Cyro Monteiro
Tem que rebolar (José Batista e Magno de Oliveira) – Elizeth Cardoso e Cyro Monteiro

Bloco 6
O que se leva dessa vida (Pedro Caetano) – Cyro Monteiro

 

 

Pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Sonorização: Filipe Di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Francisco Bosco