O choro é um dos gêneros formadores da música brasileira, e essa gravação de Doce de coco é um de seus momentos clássicos. Foi a primeira versão, de 1951, feita pelo próprio autor, Jacob do Bandolim. Dono de uma técnica privilegiada, ele criou um jeito novo de tocar o instrumento. O registro integra o acervo da Discografia Brasileira.

 

Apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro