Vários entrevistados apontam o Território Indígena do Xingu como uma espécie de ilha verde cercada de ameaças: fazendas, cidades, desmatamento, destruição de rios e matas.

Este episódio conta a história da região desde antes da chegada dos brancos. E mostra como se deu a luta pela demarcação, que contou com o empenho de, entre outros, Cândido Rondon, Darcy Ribeiro e, especialmente, os irmãos Villas-Boas. Foi também uma vitória das lideranças xinguanas e da diplomacia indígena. O parque é fundamental para a preservação dos modos de vida dos povos.

 

Concepção, roteiro e apresentação: Guilherme Freitas

Edição e pesquisa: Luiza Silvestrini

Coordenação: Luiz Fernando Vianna

Correspondentes no Xingu: Kamikia Kisedje e Takumã Kuikuro

Mixagem e finalização: Claudio Antonio

Gravação: Filipe Di Castro

Identidade visual: Waxamani Mehinako

Distribuição: Mario Tavares

Trilha sonora: Músicas do disco “A dança dos sopros: aerofones Kuikuro do Alto Xingu”, gravado em 2006 com produção de Carlos Fausto e coordenação musical de Jakalu Kuikuro

 

O filme do SPI que aparece neste episódio foi feito em 1946 pelo cinegrafista Nilo Vellozo e cedido pelo Acervo do Museu do Índio-Funai.

A entrevista com Orlando e Cláudio Villas-Boas foi feita pelo jornalista Amaral Netto em 1968, no Parque Indígena do Xingu, e está no Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro.

O registro do quarup em homenagem ao Orlando é de um Globo Repórter exibido em setembro de 2003 e pertence ao Acervo Conteúdo Globo.

A entrevista de Orlando foi feita pela CBN em 2002 e cedida pelo Centro de Documentação e Pesquisa do Sistema Globo de Rádio.

 

Entrevistados do episódio

Ailton Krenak: Ambientalista, ativista e escritor, autor de “Ideias para adiar o fim do mundo” e outros livros.

André Villas-Bôas: Indigenista e secretário-executivo do Instituto Socioambiental, coordenou durante 20 anos o Programa Xingu do ISA.

Carlos Fausto: Antropólogo do Museu Nacional/UFRJ, autor de “Os índios antes do Brasil” e outros livros.

Megaron Txucarramãe: Líder kayapó e primeiro indígena a se tornar diretor do Parque Indígena do Xingu, em 1984.

 

Veja as fotos do Xingu, do acervo do IMS, no site do instituto.