Fernanda Cunha tem a música no sangue: é filha da cantora Telma Costa, sobrinha da compositora Sueli Costa, neta de professora de piano. Formou-se em psicologia, mas o apelo da música foi mais forte. Ela já está lançando seu oitavo CD, Fernanda Cunha canta Filó Machado, no qual interpreta canções desse grande autor paulista, até hoje pouco conhecido do público. Duas músicas do repertório ela interpretou no estúdio da Batuta, acompanhada do violonista Zé Carlos.

Na entrevista a Luiz Fernando Vianna, comentou também o trabalho anterior, Jobim 90, com o qual fez shows no Brasil e no exterior ao longo de dois anos. Seus discos giram sempre em torno de um tema. “Acho que nossa função é dizer coisas. Não é só cantar afinadinho”, diz ela.

Repertório

Jogral (Filó Machado, José Neto e Djavan) – Fernanda Cunha

Carmens e Consuelos (Filó Machado e Aldir Blanc) – Fernanda Cunha e Zé Carlos (violão) no estúdio da Batuta

Perfume de cebola (Filó Machado e Cacaso) – Fernanda Cunha

Boca de leão (Filó Machado e Judith de Souza) – Fernanda Cunha e Zé Carlos (violão) no estúdio da Batuta

Ana Luiza (Antonio Carlos Jobim) – Fernanda Cunha

Vamos dançar (Sueli Costa e João Medeiros) – Fernanda Cunha

 

Fernanda Cunha canta “Carmens e Consuelos”, de Filó Machado e Aldir Blanc.

Apresentação: Luiz Fernando Vianna

Edição: Filipe Di Castro