Geraldo Pereira (1918-1955) viveu pouco, 37 anos. Era brigão, encrenqueiro, boêmio que morreu por conta do excesso de bebida (muito mais do que por causa da lendária briga com o malandro Madame Satã). O mais importante, porém, era sua originalidade como compositor, expoente do chamado samba sincopado, cheio de quebras (nas melodias e nas letras). Nas palavras de João Gilberto, um de seus melhores intérpretes, foi um inovador da música brasileira. Fez sambas inesquecíveis e foi gravado por nomes como Chico Buarque, Gal Costa e Zeca Pagodinho.

Músicas

Sem compromisso (Geraldo Pereira/Nelson Trigueiro) – Chico Buarque

Você está sumindo (Geraldo Pereira/Jorge de Castro) – Cyro Monteiro

Pisei num despacho (Geraldo Pereira/Elpídio Vianna) – Zeca Pagodinho

Escurinho (Geraldo Pereira) – Roberto Silva e Fernanda Abreu

Bolinha de papel (Geraldo Pereira) – João Gilberto

Falsa baiana (Geraldo Pereira) – Gal Costa

Sem compromisso (Geraldo Pereira/Nelson Trigueiro) – João Gilberto

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Petria Chaves, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro