O compositor e pesquisador maranhense Tião Carvalho conta nesta entrevista como é realizado o Auto do Bumba-meu-boi, que o Grupo Cupuaçu apresenta no IMS Paulista no domingo, 28 de abril, às 16h, dentro do evento Paulista Cultural.

Carvalho criou há três décadas o Cupuaçu, no morro do Querosene, em São Paulo. O grupo transformou o Bumba-meu-boi numa das mais importantes festas populares da cidade. Ela acontece três vezes ao ano (celebrando nascimento, batizado e morte do boi) e agora chega ao térreo do IMS Paulista.

As origens e referências do auto são detalhadas por Carvalho na entrevista a Lucas Nobile. Ele destaca a necessidade de apoio às manifestações culturais populares, inclusive como forma de distribuição de renda.

O programa se encerra com Turma do morro, composta por Carvalho e interpretada por ele e pelo Cupuaçu.

 

Apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro