O  homenageado deste programa foi o responsável pela introdução do pandeiro no samba. Foi parceiro de Pixinguinha e Donga, com quem formou o Grupo da Guarda Velha. Além de compositor e instrumentista, também era cantor. Suas obras também foram gravadas por grandes nomes da música brasileira como Carmen Miranda, Carlos Galhardo e Araci de Almeida. Artistas que ajudaram a escrever a história de João Machado Guedes… o nosso João da Bahiana!!!

Bloco 1
Quem faz a Deus paga ao Diabo (João da Bahiana) – Patrício Teixeira
D. Clara (Sinhô e João da Bahiana) – Patrício Teixeira

Bloco 2
Vovó Joana do Aguiné (João da Bahiana) – João da Bahiana com acompanhamento do grupo Seu Terreiro
Vai I-aô (João da Bahiana) – João da Bahiana com acompanhamento do grupo Seu Terreiro
Ogum nele (João da Bahiana) – João da Bahiana com acompanhamento do grupo Seu Terreiro

Bloco 3
Mulher cruel (João da Bahiana) – J. Cascata e Velha Guarda
É melhor confessar do que mentir (João da Bahiana) – Odete Amaral
Pra que tanto orgulho (João da Bahiana) – Araci de Almeida

Bloco 4
Cabide de molambo (João da Bahiana) – Patrício Teixeira
Perdi minha mascote (João da Bahiana) – Carmen Miranda e Patrício Teixeira
Patrão prenda seu gado (Donga, João da Bahiana e Pixinguinha) – Almirante e Velha Guarda

Bloco 5
Lamento de Xangô (João da Bahiana) – João da Bahiana acompanhado por Regional
Lamento de Inhaçã (João da Bahiana) – João da Bahiana acompanhado por Regional
Quê quê rê quê quê (João da Bahiana) – João da Bahiana acompanhado pelo conjunto Seu Terreiro

Bloco 6
Mariposa (João da Bahiana e Wilson Batista) – Carlos Galhardo
Nicolau (Ari Monteiro e João da Bahiana) – Moreira da Silva
Sereia (Getúlio Marinho e João da Bahiana) – João da Bahiana

 

 

Pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Sonorização: Filipe Di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Francisco Bosco