João Nogueira perdeu aos 11 anos o pai, advogado e grande violonista. Mas herdeu o talento musical. Dedicou ao João pai a bela música Espelho, uma das muitas parcerias com Paulo César Pinheiro. Eles também fizeram uma trilogia sobre o ato de compor e celebraram Clara Nunes. João ainda reverenciou sua Portela e o próprio samba em momentos da carreira, encerrada com sua morte, em 2000, antes de completar 59 anos.

Repertório

Nó na madeira (João Nogueira e Eugenio Monteiro) – João Nogueira

Sonho de bamba (João Nogueira) – João Nogueira

Espelho (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) – João Nogueira

Poder da criação (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) – João Nogueira

Minha missão (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) – Clara Nunes

Mineira (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) – João Nogueira

Clube do samba (João Nogueira) – João Nogueira e Martinho da Vila

Súplica (João Nogueira e Paulo César Pinheiro) – João Nogueira

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Petria Chaves, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro