O segundo convidado das conversas do IMS na FLIP 2015 foi o grande pesquisador musical e crítico José Ramos Tinhorão, cujo acervo é guardado pelo IMS. Em conversa também  mediada por Samuel Titan Jr., ele falou da obra de Eça de Queirós e a de Aluísio Azevedo. Tinhorão destacou vários paralelos entre os dois autores: são provincianos, exercem carreira diplomática, começaram escrevendo em folhetins.