Luiz Gonzaga, ao lado de seu parceiro Humberto Teixeira, criou em 1946 um fenômeno cultural e mercadológico, o baião. A partir daquele momento, seu talento como cantor, compositor, instrumentista e, também, homem de negócios não foi mais posto em dúvida. Gonzaga influenciou toda a música brasileira, sobretudo a do Nordeste. No paseio que o Música é História faz por sua vida e sua obra, estão gravações próprias e outras dos discípulos Gilberto Gil e Dominguinhos.

Músicas

Baião (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Luiz Gonzaga

Asa branca (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Luiz Gonzaga

Qui nem jiló (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira) – Gilberto Gil

Cintura fina (Luiz Gonzaga/Zé Dantas) – Dominguinhos

A vida do viajante (Luiz Gonzaga/Hervê Cordovil) – Luiz Gonzaga e Gonzaguinha

Olha pro céu (Luiz Gonzaga/José Fernandes) – Gilberto Gil

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Débora Freitas, da CBN)

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro