O homenageado neste programa foi compositor, poeta, escritor, teatrólogo, ator e radialista; uma verdadeira síntese da história dos meios de comunicação e expressão do século XX, uma vez que começou no teatro de revista, fez rádio,cinema e televisão. Todas essas atividades foram executadas com talento e dignidade, e exercidas simultaneamente a outras duas facetas dele: boêmio e comunista. Se fosse vivo, teria feito 100 anos no dia 26 de novembro de 2011. Em homenagem a seu centenário, vamos conhecer mais sobre a vida e a obra de Mário Lago.

Bloco 1
Nada além (Custódio Mesquita e Mário Lago) – Orlando Silva
Será? (Mário Lago) – Carlos Galhardo
Se essa rua fosse minha (Mário Lago e Roberto Martins) – Luiz Barbosa

Bloco 2
É noite (Custódio Mesquita e Mário Lago) – Aurora Miranda
Podia ser melhor (Custódio Mesquita e Mário Lago) – Aurora Miranda
Menina eu sei de uma coisa (Custódio Mesquita e Mário Lago) – Mário Reis
Sambista da Cinelândia (Custódio Mesquita e Mário Lago) – Carmen Miranda

Bloco 3
Devolve (Mário Lago) – Carlos Galhardo
Número um (Benedito Lacerda e Mário Lago) – Orlando Silva
Dá-me tuas mãos (Roberto Martins e Mário Lago) – Orlando Silva com acompanhamento da Orquestra Victor Brasileira

Bloco 4
Ai que saudades da Amélia (Ataulfo Alves e Mário Lago) – Ataulfo Alves e Pastoras
Aurora (Mário Lago e Roberto Martins) – Joel e Gaúcho com acompanhamento da Orquestra Colúmbia
Numa noite assim (Alberto Ribeiro e Mário Lago) – Francisco Alves
Mentirosa (Custódio Mesquita e Mário Lago) – Orlando Silva com acompanhamento de Diabos do Céu
Chega de tanto amor (Mário Lago) – Isaura Garcia com acompanhamento de Benedito Lacerda e conjunto regional

Bloco 5
Gilda (Erasmo Silva e Mário Lago) – Sílvio Caldas (samba)
Cuidado com o andor (Marino Pinto e Mário Lago) – Anjos do Inferno (samba)
Fracasso (Mário Lago) -Francisco Alves com acompanhamento de Lírio Panicali e Orquestra Odeon(samba-canção)
Não me olhe assim (Erasmo Silva e Mário Lago) – Nelson Gonçalves (samba)
Atire a primeira pedra (Ataulfo Alves e Mário Lago) – Orlando Silva com acompanhamento de LírioPanicali e Orquestra Odeon

Bloco 6
Tanta mentira (Getúlio Macedo e Mário Lago) – Carlos Galhardo
Rua sem sol (Henrique Gandelman e Mário Lago) – Ângela Maria
Que mulher infernal (José Batista e Mário Lago) – Anjos do Inferno
É tão gostoso seu moço (Chocolate e Mário Lago) – Nora Ney com acompanhamento de Radamés Gnattali e orquestra
Bobagem gostosa (Chocolate e Mário Lago) – Ivon Curi

 

Pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Sonorização: Filipe Di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Francisco Bosco