O cantor e compositor Moacyr Luz trouxe à tona suas mais profundas influências musicais com uma seleção de canções escolhidas do acervo do Instituto Moreira Salles. No bate-papo com Paulo da Costa e Silva, o clima foi tão descontraído que entrevistado e entrevistador pareciam mais estar num bom boteco carioca, curtindo uma boa roda de samba. Puxe uma cadeira e curta você também.

Bloco 1
Coberto de ouro (Afonso Teixeira e Waldemar Gomes) – Araci de Almeida (1942)
Canção dos infelizes (Donga, Luiz Peixoto e Marques Porto) – 1930 – Zaíra Cavalcanti
Leva meu coração (Mário Lago e Roberto Martins) – Roberto Paiva (1945)

Bloco 2
Feitio de oração (Noel Rosa e Vadico) – Francisco Alves e Castro Barbosa (1933)
Rugas (Nelson Cavaquinho, Ari Monteiro e Augusto Garcez) – Cyro Monteiro (1946)

Bloco 3
Se queres saber (Peterpan) – Emilinha Borba
Não tem solução (Dorival Caymmi e Carlos Lyra) – Dick Farney
Nem eu (Dorival Caymmi) – Dorival Caymmi
Saia do caminho (Custódio Mesquita e Evaldo Ruy) – Zezé Gonzaga
Na batucada da vida (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Carmen Miranda e Diabos do Céu

 

 

Apresentação: Paulo da Costa e Silva
Produção: Carla Paes Leme
Sonorização: Filipe Di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Paulo da Costa e Silva