Aos 11 anos, Pixinguinha já tocava flauta no rancho Filhos das Jardineiras (onde, aliás, conheceu os amigos de vida inteira Donga e João da Baiana). Sua ligação com o carnaval se fortaleceu quando ele se tornou um arranjador maduro e, na década de 1930, firmou sua assinatura sonora em tudo o que escrevia. Este Pixinguinha na Pauta mostra como o maestro conseguia, nos sambas e marchas carnavalescos, conciliar sofisticação e leveza, lirismo e alegria. Seus arranjos dialogam com as vozes dos grandes intérpretes da época, como Mario Reis, Francisco Alves, Carmen Miranda e Orlando Silva. Ao prazer de ouvir deliciosas gravações soma-se conhecer melhor as invenções de Pixinguinha, graças aos comentários de Paulo Aragão, Marcílio Lopes e Bia Paes Leme, mediados por Pedro Paulo Malta. Nos anos 1950, para a gravadora Sinter, Pixinguinha voltou a realizar arranjos marcantes.

Veja o livro e a caixa de partituras O carnaval de Pixinguinha.

Repertório

Hino do carnaval brasileiro (Lamartine Babo) – Almirante e Orquestra Odeon. Arranjo de Pixinguinha

Carnaval de 1906 (dobrado) – Rancho Ameno Resedá

Pra você gostar de mim (Taí) (Joubert de Carvalho) – Carmen Miranda. Arranjo de Pixinguinha

Linda morena (Lamartine Babo) – Mario Reis. Arranjo de Pixinguinha

Rasguei a minha fantasia (Lamartine Babo) – Mario Reis e Diabos do Céu. Arranjo de Pixinguinha

Agora é cinza (Bide e Marçal) – Mario Reis e Diabos do Céu. Arranjo de Pixinguinha

Você chorou (Brancura) – Francisco Alves e Diabos do Céu. Arranjo de Pixinguinha

Ride palhaço (Lamartine Babo) – Mario Reis e Diabos do Céu. Arranjo de Pixinguinha

Grau dez (Ary Barroso e Lamartine Babo) – Francisco Alves e Lamartine Babo. Arranjo de Pixinguinha

Primavera no Rio (João de Barro) – Carmen Miranda e Diabos do Céu. Arranjo de Pixinguinha

História antiga (J. Cascata e Nássara) – Orlando Silva

Já te digo (Pixinguinha e China) – Orquestra Pixinguinha na Pauta, com regência de Pedro Aragão e voz de Alfredo Del-Penho. Arranjo de Pixinguinha.

 

Apresentação: Pedro Paulo Malta

Roteiro: Pedro Paulo Malta, Paulo Aragão, Marcílio Lopes e Bia Paes Leme

Edição: Filipe Di Castro