Um estilo de samba romântico, com uma sonoridade diferente da do samba tradicional e sem preocupações claras com a ditadura militar, fez muito sucesso nos anos 1970. E arrumou detratores, que o classificaram, pejorativamente, de samba-joia ou sambão. A rejeição não se manteve nas novas gerações, tanto que a música Retalhos de cetim, de Benito di Paula, vem sendo cantada por muitos artistas jovens.

Repertório

Retalhos de cetim (Benito di Paula) – Benito di Paula

Porta aberta (Luiz Ayrão) – Luiz Ayrão

Poxa (Gilson de Souza) – Gilson de Souza

Moça (Wando) – Wando

Deixa eu te amar (Agepê, Vamilo e Mauro Silva) – Agepê

Mulheres (Toninho Geraes) – Martinho da Vila

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Petria Chaves, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro04