O cearense Alberto Nepomuceno (1864-1920) foi quem abriu caminhos para a criação de uma música orquestral brasileira. Era um nacionalista, mas impregnado de Brahms e de várias referências da Europa, onde estudou. A partir do recém-lançado CD da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais dedicado às composições orquestrais de Nepomuceno, Arthur Dapieve selecionou gravações que mostram a diversidade da obra do autor.

Repertório

Série brasileira. I: Alvorada na serra (10:07) – Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, regida por Fabio Mechetti

Trovas (3:07), sobre poema de Osório Duque Estrada – Carol McDavit (voz) e Maria Teresa Madeira (piano)

Suíte antiga. III: Ária (4:26) – Maria Helena de Andrade (piano)

Quarteto nº 3. I: Allegro Moderato (8:10) – Quarteto Aureus

Ode a Oswaldo Cruz (6:03), sobre poema de Osório Duque Estrada – Inácio de Nonno (voz), Coral Brasil Ensemble da UFRJ, regido por Maria José Chevitarese, e Claudia Feitosa (piano)

Sinfonia em sol menor. I: Allegro com enthusiasmo (10:08) – Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, regida por Fabio Mechetti

Canção do rio (3:09), sobre poema de Domingos Magarinos – Paulo Barcelos (voz) e Talitha Peres (piano)

Batuque (3:59) – Miguel Proença (piano)

 

Prelúdios também é apresentado na última segunda-feira de cada mês, às 22h, na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz).

Apresentação: Arthur Dapieve

Edição: Filipe Di Castro