Compositor, poeta, escritor e jornalista. O ano de 2013 marca os 120 anos de nascimento desse letrista brilhante. É dele o verso “tu pisavas os astros distraída”, considerado o mais belo da língua portuguesa pelo poeta Manuel Bandeira. Nosso homenageado na série Os Batutas é Orestes Barbosa.

Repertório

Bloco 1
Chão de estrelas (Sílvio Caldas e Orestes Barbosa) – Sílvio Caldas
Flor do asfalto (J. Thomaz e Orestes Barbosa) – Cauby Peixoto
Quase que eu disse (Sílvio Caldas e Orestes Barbosa) – Emílio Santiago

Bloco 2
Bangalô (Osvaldo Santiago e Orestes Barbosa) – Alvinho
No morro de São Carlos (Hervé Cordovil e Orestes Barbosa) – Moreira da Silva

Bloco 3
Positivismo (Noel Rosa e Orestes Barbosa) – Noel Rosa
Carioca (J. Thomaz e Orestes Barbosa) – Castro Barbosa com acompanhamento da Orquestra J. Thomaz
A mulher que ficou na taça (Francisco Alves e Orestes Barbosa) – Francisco Alves
Arranha-céu (Sílvio Caldas e Orestes Barbosa) – Zé Renato

Bloco 4
Abigail (Wilson Batista e Orestes Barbosa) – Orlando Silva
Canaviais (Herivelto Martins e Orestes Barbosa) – Trio de Ouro

Bloco 5
Cabelo branco (Wilson Batista e Orestes Babosa) – Carlos Galhardo
Eu sou pobre, pobre, pobre (André Filho e Orestes Barbosa) – Aurora Miranda
Gato escondido (Custódio Mesquita e Orestes Barbosa) – Irmãs Pagãs
Professora de saudade (André Filho e Orestes Barbosa) – João Petra de Barros

Bloco 6
Serenata (Sílvio Caldas e Orestes Barbosa) – Sílvio Caldas

 


Pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Edição e sonorização: Filipe Di Castro