Pedro Luis lança no início de 2019 o CD Vale quanto pesa – Pérolas de Luiz Melodia. É uma homenagem ao compositor carioca (1951-2017) que, nascido no Estácio, berço do samba, filho de um compositor do morro de São Carlos, fez uma música sem limitação de gêneros, trafegando também entre o reggae, o jazz, o blues, o choro, a jovem guarda e o que mais lhe inspirasse. Em entrevista a Joaquim Ferreira dos Santos, Pedro Luis comenta detalhes da poética particular de Melodia, de sua excelência como cantor e explica por que concentrou o repertório deste disco-homenagem nas músicas do histórico Pérola negra Ao longo da entrevista, Pedro Luis canta ao violão, no estúdio da Rádio Batuta, algumas das músicas de Vale quanto pesa.

Repertório

Juventude transviada (Luiz Melodia) – Pedro Luis no estúdio da Batuta

Estácio, eu e você/ Pérola negra/ Magrelinha (todas de Luiz Melodia) – Pedro Luis no estúdio da Batuta

Farrapo humano (Luiz Melodia) – Luiz Melodia

Cara a cara (Renato Piau e Luiz Melodia) – Pedro Luis

Abundantemente morte (Luiz Melodia) – Pedro Luis no estúdio da Batuta

Vale quanto pesa (Luiz Melodia) – Pedro Luis no estúdio da Batuta

Pra aquietar (Luiz Melodia) – Pedro Luis no estúdio da Batuta

 

Apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro

 

Pedro Luis canta Estácio, eu e vocêPérola negra e Magrelinha.