Em novembro de 1916, o maxixe Pelo telefone foi registrado por Ernesto dos Santos, o Donga, como “samba carnavalesco” na Biblioteca Nacional. A gravação do cantor Bahiano estourou no carnaval de 1917. Pelo telefone, então, ficou sendo a primeira música classificada como samba a fazer sucesso (embora fosse um maxixe e não fosse apenas de Donga, e sim uma criação coletiva). São muitas as polêmicas em torno desse momento histórico, mas o programa defende que isso não impede que ele seja considerado o marco inicial da trajetória do samba. “A hora era aquela”, resumiu Donga em entrevista dada tempos depois. O Música é História começa com este capítulo uma série sobre os cem anos do gênero mais important

e da música brasileira.

Repertório

Urubu malandro (atribuído a Lourival de Carvalho, o Louro) – Grupo da Casa Edison

Pelo telefone (Donga e Mauro de Almeida) – Bahiano

Pelo telefone (Donga e Mauro de Almeida) – Martinho da Vila

Pelo telefone (Donga e Mauro de Almeida) – Almirante e Pixinguinha

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Débora Freitas, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro