O samba era perseguido pela polícia, mas tinha canais abertos com os políticos: Tia Ciata curou a perna do presidente Vescenlau Brás e João da Baiana ganhou proteção do poderoso Pinheiro Machado. Essa ambivalência faz parte da relação tensa e intensa entre samba e politica. Getúlio recebia artistas no Palácio do Catete, era querido por muitos deles, mas impunha seus desejos, como fazee compositores criarem músicas exaltando o trabalho, eixo de seu projeto nacional. Uma extensa produção musical se desenvolveu em oposição à ditadura militar, com canções que viraram hinos, casos de Apesar de você e O bêbado e a equilibrista.

Repertório

O Bonde São Januário (Wilson Baptista e Ataulfo Alves) – Cyro Monteiro

O grande presidente (Padeirinho) – Jamelão

Apesar de você (Chico Buarque) – Chico Buarque

O bêbado e a equilibrista (João Bosco e Aldir Blanc) – Elis Regina

Onde está a honestidade? (Noel Rosa) – Noel Rosa

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Petria Chaves, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro