Eduardo Gudin, um dos nomes mais importantes da história da música de São Paulo, completa 70 anos em 14 de outubro. A Batuta convidou a cantora Elisa Gudin e Joana Gudin, suas filhas, para montarem uma playlist. Elas escolheram as composições; o coordenador da rádio, Luiz Fernando Vianna, selecionou as gravações.

Como o repertório deixa claro, Gudin tem São Paulo como uma das musas. Entre seus parceiros estão os dois maiores cronistas musicais da cidade, Adoniran Barbosa e Paulo Vanzolini. Mas sua obra transcende em muito a geografia. Canta o amor, especialmente as dores dele; canta a natureza (Verde, que lançou Leila Pinheiro para o país); canta o próprio samba. As melodias têm algo de Nelson Cavaquinho e dos grandes sambistas cariocas, como seus parceiros Paulinho da Viola e Elton Medeiros. Várias de suas criações têm letra de Paulo César Pinheiro.

E Gudin ainda é um revelador de vozes talentosas, que passam pelo conjunto que o acompanha, o Notícias dum Brasil. Nele já estiveram Mônica Salmaso, Renato Braz, Fabiana Cozza e outros. No trabalho de Gudin, passado e futuro se entendem bem.

Repertório

Sempre se pode sonhar (Eduardo Gudin e Paulinho da Viola) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil, Vânia Bastos e Paulinho da Viola

Velho ateu (Eduardo Gudin e Roberto Riberti) – Eduardo Gudin

Mente (Eduardo Gudin e Paulo Vanzolini) – Clara Nunes

Paulista (Eduardo Gudin e J.C. Costa Netto) – Eduardo Gudin e Vânia Bastos

Samba de verdade (Eduardo Gudin e J.C. Costa Netto) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil (solo de Mônica Salmaso)

Documento (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Paulinho da Viola

Estrela (Eduardo Gudin, Elton Medeiros e Roberto Riberti) – Eduardo Gudin e Elton Medeiros

Ainda mais (Eduardo Gudin e Paulinho da Viola) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil (solo de Luciana Alves)

Verde (Eduardo Gudin e J.C. Costa Netto) – Leila Pinheiro

Armistício (Eduardo Gudin e Adoniran Barbosa) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil

Praça 14 Bis (Eduardo Gudin) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil

Olha quem chega (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Elizeth Cardoso

Luzes da mesma luz (Eduardo Gudin e Sérgio Natureza) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil (com Mônica Salmaso e Renato Braz)

Consideração (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Eduardo Gudin, Paulo César Pinheiro e Márcia

Maior é Deus (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Beth Carvalho

Por eu ser como sou (Eduardo Gudin) – Eduardo Gudin

Rosa dos tempos (Eduardo Gudin) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil (com Mônica Salmaso, Renato Braz e outros)

Recado ao poeta (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – João Nogueira

Longe de casa (Eduardo Gudin e Paulo Vanzolini) – Eduardo Gudin

Chorei (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Márcia

A velhice da porta-bandeira (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Eduardo Gudin

Coração marginal (Eduardo Gudin e Hermínio Bello de Carvalho) – Eduardo Gudin

Olhos sentimentais (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil. Participação: Paulo César Pinheiro

Alma (Eduardo Gudin e Cacaso) – Eduardo Gudin e Lela Simões

Obrigado (Eduardo Gudin) – Eduardo Gudin e Notícias dum Brasil. Solo: Márcia Lopes

Canção serena (Eduardo Gudin) – Fátima Guedes

Pensamento (Eduardo Gudin) – Eduardo Gudin

Mordaça (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – MPB-4

Elegância antiga (Eduardo Gudin) – Eduardo Gudin e Lela Simões

E lá se vão meus anéis (Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro) – Eduardo Gudin, Paulo César Pinheiro e Jane Morais

 

Seleção: Elisa Gudin, Joana Gudin e Luiz Fernando Vianna

Edição: Filipe Di Castro