Maria Bethânia, assim como seu irmão Caetano Veloso, ouviu muito rádio na infância e na adolescência. Ao longo de sua carreira, gravou várias músicas que escutara. Dez delas estão nesta playlist feita por ocasião dos 75 anos da cantora, completados em 18 de junho de 2021. Estão assinalados os anos das gravações. Mais abaixo estão links para registros anteriores das canções, disponíveis no site Discografia Brasileira, do IMS.

Repertório

Três apitos (Noel Rosa) – Maria Bethânia – 1965

Marina (Dorival Caymmi) – Maria Bethânia – 1968

Folha morta (Ary Barroso) – Maria Bethânia – 1971

Mãe Maria (Custódio Mesquita e David Nasser) – Maria Bethânia – 1976

Cabocla Jurema (domínio público; adaptação de Rosinha de Valença) e Por causa desta cabocla (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Maria Bethânia – 1977

Ronda (Paulo Vanzolini) – Maria Bethânia – 1978

Mentira de amor (Lourival Faissal e Gustavo de Carvalho) – Maria Bethânia – 1980

Atiraste uma pedra (Herivelto Martins e David Nasser) – Maria Bethânia – 1981

Nossos momentos (Haroldo Barbosa e Luiz Reis) – Maria Bethânia – 1984

Maria (Ary Barroso e Luiz Peixoto) e Linda flor (Henrique Vogeler, Luiz Peixoto e Marques Porto) – Maria Bethânia e João Gilberto – 1990

 

Gravações anteriores, disponíveis no site Discografia Brasileira

Três apitos com Aracy de Almeida

Marina com Dick Farney

Folha morta com Dalva de Oliveira

Mãe Maria com Nelson Gonçalves

Por causa desta cabocla com Sílvio Caldas

Ronda com Inezita Barroso

Mentira de amor com Dalva de Oliveira

Atiraste uma pedra com Nelson Gonçalves

Nossos momentos com Elizeth Cardoso

Maria com Sílvio Caldas

Linda flor com Zezé Gonzaga

 

Seleção: Luiz Fernando Vianna

Edição: Filipe Di Castro