Walter Franco era um artista original, experimental e, como tantos dessa estirpe, marginal. Em duas marcantes aparições públicas, foi intensamente vaiado: no Festival Internacional da Canção de 1972, apresentando Cabeça; e no Festival da TV Tupi, em 1979, cantando Canalha. Tornou-se compositor respeitado entre seus pares, teve fãs fiéis, mas nunca atingiu o grande público. Chegou perto nas vozes de outros intérpretes, como Chico Buarque e Leila Pinheiro.

O paulistano morreu neste 24 de outubro, aos 74 anos, por complicações decorrentes de um AVC. A Batuta selecionou 11 criações de Walter Franco para traçar um panorama de sua obra muito particular.

Walter foi um dos artistas da série “Salve o compositor popular”, do IMS Poços.

Repertório

Coração tranquilo (Walter Franco) – Walter Franco

Revolver (Walter Franco) – Walter Franco

Me deixe mudo (Walter Franco) – Chico Buarque

Canalha (Walter Franco) – Walter Franco

Cachorro babucho (Walter Franco) – Jards Macalé

Serra do luar / Coração tranquilo (Walter Franco) – Leila Pinheiro

Quem puxa aos seus não degenera (Walter Franco) – Walter Franco

Feito gente (Walter Franco) – Wanderléa

Mamãe d’água (Walter Franco) – Walter Franco

Nothing (Walter Franco) – Walter Franco

Cabeça (Walter Franco) – Walter Franco

 

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro