Caetano Veloso

Legenda: De madrugada, o primeiro banho das mulheres na lagoa, c. 1975 Parque Indígena do Xingu - MT Crédito: Maureen Bisilliat/ Acervo Instituto Moreira Salles

Episódio 4 – Um sonho

A ditadura levou obras e destruição ao Xingu. A reação veio de entidades e artistas de todo o mundo. E veio, sobretudo, de lideranças indígenas como o cacique kayapó Raoni. Com a volta da mentalidade militar ao poder, renova-se a resistência às ameaças.

13.04.2021

Espaços musicais de Augusto de Campos

Espaços musicais de Augusto de Campos

O poeta e tradutor Augusto de Campos, que completou 90 anos em fevereiro, tem uma relação rica e estreita com a música, como analisa o professor de literatura Sergio Roberto Montero Aguiar. A influência de Augusto sobre Caetano Veloso é um dos temas.

24.03.2021

Foto de Jamile Coelho

Os versos diversos de Capinan

O baiano José Carlos Capinan, que completa 80 anos em 19 de fevereiro, tem uma obra múltipla, impossível de ser resumida a alguns adjetivos. A playlist reúne parcerias com Gilberto Gil, Edu Lobo, Paulinho da Viola e outros.

18.02.2021

Pelé. Foto de Henri Ballot/Acervo IMS, 1958

O nome do rei é Pelé

A música celebrou de várias maneiras o maior craque do futebol: samba, marchinha, mambo, frevo, xaxado… Pelé, que completa 80 anos, aparece em canções de Ben Jor, Caetano, Gil, Chico, Moraes Moreira, Jackson do Pandeiro e muitos outros.

18.10.2020

Caetano em "Narciso em férias"/Divulgação

Caetano na prisão – As canções

Playlist feita a partir do filme Narciso em férias e do livro Verdade tropical reúne canções que se tornaram tabus para Caetano Veloso por terem ligação com sua prisão. Hey Jude lhe transmitia esperança; Irene eTerra são frutos daquele momento.

08.09.2020

Caetano Veloso. Foto de Fernando Young/Divulgação

Caetano, o renovador da tradição

Caetano Veloso sabe revirar o baú da música brasileira, pescar pérolas de todos os gêneros e renová-las. A Batuta apresenta 30 gravações originais e 30 versões do artista para as mesmas canções.

05.08.2020

Hermínio e Paulinho da Viola. Foto: Museu da Imagem e do Som

Hermínio, samba e choro

Hermínio Bello de Carvalho dedicou a maior parte de sua produção como compositor ao samba e ao choro. Lucas Nobile apresenta parcerias com autores diversos, entre eles Pixinguinha e Paulinho da Viola. E conta que é controversa sua prática de escrever letras para melodias de músicos já mortos.

28.03.2020

Alexandra Lucas Coelho

Alexandra, Caetano, Portugal, Bahia

Alexandra Lucas Coelho, jornalista e escritora portuguesa, recorda suas passagens pela Bahia no livro Cinco voltas na Bahia e um beijo para Caetano Veloso. “Portugal não é irmão do Brasil”, diz ela, que destaca o papel violento de Portugal na história brasileira.

13.03.2020