Caetano Veloso

Hermínio e Paulinho da Viola. Foto: Museu da Imagem e do Som

Hermínio, samba e choro

Hermínio Bello de Carvalho dedicou a maior parte de sua produção como compositor ao samba e ao choro. Lucas Nobile apresenta parcerias com autores diversos, entre eles Pixinguinha e Paulinho da Viola. E conta que é controversa sua prática de escrever letras para melodias de músicos já mortos.

28.03.2020

Alexandra Lucas Coelho

Alexandra, Caetano, Portugal, Bahia

Alexandra Lucas Coelho, jornalista e escritora portuguesa, recorda suas passagens pela Bahia no livro Cinco voltas na Bahia e um beijo para Caetano Veloso. “Portugal não é irmão do Brasil”, diz ela, que destaca o papel violento de Portugal na história brasileira.

13.03.2020

Salve o compositor popular - Caetano Veloso

Salve o compositor popular – Caetano Veloso

Autor do verso que dá título à série “Salve o compositor popular”, Caetano Veloso é o artista comentado pelo professor Sergio Roberto Montero Aguiar na edição final de 2020. Será em 4/12, às 19h30. Canções dedicadas às mães, como Dona Canô, foram as escolhidas para o programa.

04.12.2019

Foto de Lívio Campos

Nana, Bethânia, Caetano, Chico, Milton, Bosco…

Nomes do primeiro time da música popular estão na seleção de Zuza Homem de Mello. Duas faixas escolhidas são do CD Nana Caymmi canta Tito Madi, lançado em 2019.

11.10.2019

As vidas de Elza

As vidas de Elza

Fome, perdas de filhos, racismo, estigmas e dores diversas não impediram Elza Soares de se firmar como uma das maiores intérpretes brasileiras. Sua história é “improvável”, como diz Zeca Camargo, biógrafo da cantora, à Batuta. Hoje, a voz dela representa vários grupos sociais e ideias.

09.10.2019

Fragmentos de cenas de Lampião e seu bando, c. 1936-1937, de Benjamin Abrahão. Acervo IMS/ © ICCA e Sociedade do Cangaço

Cangaço, baianos, Tabajara…

Mulher rendeira e Acorda, Maria Bonita, na voz do cangaceiro Volta Seca, estão na seleção de Zuza Homem de Mello. Ele também pinçou gravações dos baianos Gal, Gil, Caetano e João Gilberto. E ainda há o brilho da Orquestra Tabajara.

20.09.2019

Ryuichi Sakamoto, Paula Morelenbaum e Jaques Morelenbaum

Morelembaum & Sakamoto, Chico César, J. T. Meirelles…

Coração vagabundo, de Caetano Veloso, na bela versão do pianista Ryuichi Sakamoto e do casal Paula e Jaques Morelenbaum é um dos destaques da seleção de Zuza Homem de Mello. Um sucesso de Chico César e a flauta de J. T. Meirelles também estão no programa.

16.08.2019

João Bosco

Aquarela do Brasil, 80 anos

A gravação original de Aquarela do Brasil foi realizada em 18 de agosto de 1939. Joaquim Ferreira dos Santos conta o papel que o samba de Ary Barroso ocupa na história do país. João Bosco, um dos entrevistados, interpreta a música no estúdio da Batuta.

15.08.2019