chama

A chama

A chama

Eucanaã Ferraz troca a limpidez e a transparência dos cantos do programa anterior por intensidade, perturbação. Interpretações como as do afro-americano Screamin’ Jay Hawkins e do espanhol José Menese são capazes de incendiar emoções.

12.04.2016