Cole Porter – O homem e suas canções

Capítulo 10 - O fim da história

Capítulo 10 – O fim da história

Cole Porter terminou a vida doente e recluso, mas consagrado como um dos maiores artistas do século XX. No último episódio deste documentário, João Máximo mostra as últimas trilhas de sucesso do compositor, como as de “Meias de seda” e “Can-can”.

15.10.2014

Capítulo 9 - Reencontro com o sucesso

Capítulo 9 – Reencontro com o sucesso

Mesmo em parceria com outro gênio, Orson Welles, Cole Porter fracassou. Após o acidente, parecia para sempre divorciado do sucesso. Mas renasceu em 1948 com “Kiss me, Kate” e fez outros grandes musicais, conta João Máximo.

13.10.2014

Capítulo 8 - Do palco para a tela

Capítulo 8 – Do palco para a tela

As músicas de Cole Porter chegaram várias vezes ao cinema, nem sempre satisfazendo-o, conta João Máximo. Sua vida também chegou, como no filme altamente romanceado em que Cary Grant interpreta o compositor.

10.10.2014

SMITHSONIAN MAGAZINE PORTER 7/26 Anonymous

Capítulo 7 – Um acidente quase fatal divide uma vida em duas

A queda do cavalo que esmagou suas pernas em 1937 reforçou a melancolia de Cole Porter e mudou o tom de muitas de suas músicas. João Máximo conta como ficou a obra do compositor em meio às dores lancinantes que ele sentia.

08.10.2014

Capítulo 6 - Um contador de histórias descobre Hollywood

Capítulo 6 – Um contador de histórias descobre Hollywood

Cole Porter está presente no cinema em “Nasci para dançar” (foto), “Rosalie” e outros filmes lembrados por João Máximo. Na tela grande, “Begin the beguine” e “Just one of those things” despontaram para a eternidade.

06.10.2014

Capítulo 5 - Vozes favoritas e estilos afins

Capítulo 5 – Vozes favoritas e estilos afins

Fred Astaire era como Cole Porter gostaria de se ver no espelho, escreveu um dos biógrafos do compositor. O ator e cantor era um dos intérpretes favoritos de Cole Porter. João Máximo mostra quem fez parte desse time seleto.

03.10.2014

Capítulo 4 - Canções proibidas... (Ou quase)

Capítulo 4 – Canções proibidas… (Ou quase)

Cole Porter foi o compositor americano que mais problemas teve com a censura. Muitas de suas canções ganharam o rótulo de “proibidas”. Foram vetadas ou modificadas pelo próprio compositor. O capítulo tenta mostrar como Cole Porter se valeu do espírito libertário que começou a prevalecer entre as duas guerras mundiais para escrever tais canções. Não …

01.10.2014

Capítulo 3 - Que coisa é esta chamada amor?

Capítulo 3 – Que coisa é esta chamada amor?

As lindas canções românticas de Cole Porter, como “You do something to me”, são as estrelas deste episódio do documentário de João Máximo. O compositor adorava o tema amor, mas não o misturava com sexo em sua vida. (Na foto, com a mulher, Linda.)

29.09.2014