Elton Medeiros

Cartola são muitos

Cartola são muitos

Músicas e gravações menos conhecidas, como dois registros feitos na casa de Jacob do Bandolim, estão na playlist que marca os 40 anos da morte do compositor.

30.11.2020

Eduardo Gudin. Foto de Joana Gudin

Eduardo Gudin, samba de verdade

O compositor da vida de São Paulo, parceiro de Adoniran e Vanzolini, também é o autor de belos sambas de amor, feitos com Paulinho da Viola e outros parceiros. A cantora Elisa Gudin e sua irmã Joana escolheram 30 músicas para saudar os 70 anos do pai.

14.10.2020

Elizeth Cardoso/Acervo IMS

Elizeth e amigos

Elizeth Cardoso gravou com os melhores músicos e arranjadores, com artistas já consagrados como Pixinguinha e com então iniciantes como Paulinho da Viola. Esta playlist reúne 20 desses encontros. O centenário da cantora é em 16 de julho.

12.07.2020

Mauro Duarte

Mauro Duarte foi demais

O nome Mauro Duarte pode não estar na memória de muita gente, mas vários de seus sambas estão: Canto das três raças, Portela na avenida, Foi demais etc. Ele faria 90 anos em 2 de junho, e uma playlist reúne gravações de Clara Nunes, Paulinho da Viola e outros.

29.05.2020

Hermínio e Paulinho da Viola. Foto: Museu da Imagem e do Som

Hermínio, samba e choro

Hermínio Bello de Carvalho dedicou a maior parte de sua produção como compositor ao samba e ao choro. Lucas Nobile apresenta parcerias com autores diversos, entre eles Pixinguinha e Paulinho da Viola. E conta que é controversa sua prática de escrever letras para melodias de músicos já mortos.

28.03.2020

Zé Renato

Zé Renato canta Paulinho da Viola

Zé Renato interpreta no estúdio oito músicas do CD O amor é um segredo, dedicado à obra de Paulinho da Viola, e mais algumas do compositor. São sambas sobre o amor, lentos e sofridos. O cantor comenta o estilo muito particular de Paulinho em entrevista a Joaquim Ferreira dos Santos.

06.02.2020

Elton Medeiros

Homenagem a Elton Medeiros, sambas de Geraldo Pereira…

Zuza Homem de Mello encerra o programa com Peito vazio na voz de Elton Medeiros, que morreu em 4 de setembro passado. Outro grande nome do samba, Geraldo Pereira, é lembrado com duas composições. Ainda há Marisa Monte, Ney Matogrosso e outros.

25.10.2019

Fragmentos de cenas de Lampião e seu bando, c. 1936-1937, de Benjamin Abrahão. Acervo IMS/ © ICCA e Sociedade do Cangaço

Cangaço, baianos, Tabajara…

Mulher rendeira e Acorda, Maria Bonita, na voz do cangaceiro Volta Seca, estão na seleção de Zuza Homem de Mello. Ele também pinçou gravações dos baianos Gal, Gil, Caetano e João Gilberto. E ainda há o brilho da Orquestra Tabajara.

20.09.2019