Elton Medeiros

Elisa Gudin. Foto de José de Holanda

Elisa Gudin

A cantora, filha do compositor Eduardo Gudin, lança projeto com gravações de músicas de Elton Medeiros, morto em 4 de setembro. Ela explica as escolhas do repertório e conta que seu amor pela obra do sambista vem desde a infância.

18.09.2019

Afonso Machado e Luiz Moura

Afonso Machado e Luiz Moura

Com o CD Garçom, mais dois, o bandolinista Afonso Machado e o violonista Luiz Moura comemoram 40 anos compondo juntos. No estúdio da Batuta, eles tocam uma das parcerias, Boêmio, e comentam outras, entre elas as gravadas no disco por Miúcha e Guinga.

07.09.2019

Paulinho da Viola e Elton Medeiros no IMS em 2010

Elton Medeiros

A Batuta faz nova celebração a Elton Medeiros, morto em 4 de setembro, com uma seleção de dez músicas criadas ao lado de parceiros diversos. A lista termina com o samba ainda não gravado que Paulinho compôs em homenagem ao amigo e mostrou para o próprio no IMS, em 2010.

04.09.2019

Clara Nunes

Clara Nunes, Paulinho da Viola, Fafá Lemos & Carolina Cardoso de Menezes, Raphael Rabello & Dino 7 Cordas…

A voz de Clara Nunes abre a nova playlist de Zuza Homem de Mello, que ainda tem mais samba e música instrumental: Fafá Lemos e Carolina Cardoso de Menezes; Raphael Rabello e Dino 7 Cordas; e a pianista Heloísa Fernandes.

12.01.2018

Gal Costa e Chico Buarque. Foto de Adriana Pittigliani

Gal & Chico, Nana & Emílio, Edy Star, Lupicínio…

O programa termina com duetos: Gal Costa e Chico Buarque; Nana Caymmi e Emílio Santiago. Também há o duo dos violonistas Yamandu Costa e Alessandro Penezzi. Na seleção de Zuza Homem de Mello ainda estão o performer Edy Star e o cultuado arranjador Arthur Verocai.

05.01.2018

Paulinho da Viola

Geração de 1942/Paulinho da Viola – Bebadosamba

Paulinho realizou em 1996 um excelente disco, Bebadosamba, e desde então não entrou mais em estúdios. Mas fez bons discos ao vivo, gravando pela primeira vez As rosas não falam e mantendo-se no topo da MPB, apesar da produção reduzida.

03.12.2017

Paulinho da Viola

Geração de 1942/Paulinho da Viola – Eu canto samba

Depois de três bons discos realizados entre 1981 e 1983, Paulinho da Viola deu uma guinada em sua carreira: passou a gravar menos, compor menos, a ser mais cuidadoso com o tempo. Eu canto samba (1989) já é dessa nova fase, que se estende até hoje.

26.11.2017

Paulinho da Viola

Os cancionistas

O choro está presente nas obras de importantes autores brasileiros de canções. O programa reúne composições de, entre outros, Ary Barroso, Tom Jobim, Vadico, Edu Lobo, Francis Hime, Nelson Cavaquinho e Paulinho da Viola, craque no gênero.

10.07.2017