Flip

Kalaf Epalanga. Foto de David Pattinson/Divulgação

Kalaf Epalanga

Integrante da banda Buraka Som Sistema e escritor que vem se tornando mais conhecido no Brasil, o angolano Kalaf Epalanga, que foi imigrante clandestino em Portugal, explicou na Casa do IMS como os africanos têm transformado Lisboa.

30.07.2019

Grada Kilombo e Stephanie Borges

Grada Kilomba e Stephanie Borges

Autora de Memórias da plantação, a portuguesa Grada Kilombo falou à poeta Stephanie Borges de seu espanto com marcas do Brasil como a porta da frente e a porta dos fundos. “São serviços de humilhação: limpar o lixo, servir o café. É anterior ao colonialismo. É escravatura.”

29.07.2019

Jorge Coli. Foto de Tatiana Ferro

Jorge Coli e Hélio de Seixas Guimarães

Para Coli, professor da Unicamp, Os sertões é “o maior livro da nossa literatura”, que desmontou as ideias racistas do próprio Euclides da Cunha. Já Guimarães (USP) mostrou como Machado de Assis foi agudo e profético em suas crônicas sobre Canudos, que se mantêm atuais.

29.07.2019

Heloisa Starling

Angela Alonso e Heloisa Starling

“A gente encontra pólvora e sangue”, disse a socióloga Angela Alonso sobre a história brasileira. “Eu tenho a sensação de um país caindo em pedaços”, afirmou a cientista política Heloisa Starling sobre os dias de hoje. As duas abordaram a violência nacional de agora e de sempre.

29.07.2019

Ailton Krenak

Ailton Krenak e Aparecida Vilaça

Apesar do título assustador da mesa, “Diante do fim do mundo”, o líder indígena e escritor Ailton Krenak e a antropóloga Aparecida Vilaça destacaram na Flip formas de se construir o futuro. Mas alertaram para os riscos que os povos indígenas correm no governo Bolsonaro.

23.07.2019

Lilia Moritz Schwarcz

Lilia Moritz Schwarcz

A historiadora e antropóloga destacou na Casa do IMS que o autoritarismo e a desigualdade social são marcas permanentes da história do Brasil. Mostrou como é falso o mito da democracia racial e disse que estamos numa “democradura”. Ainda citou Guimarães Rosa sobre a vida: “O que ela quer da gente é coragem”.

23.07.2019

Gabriela Wiener

Gabriela Wiener

A maneira que ficção e jornalismo se misturam em “Outras vidas que não a minha”, de Emmanuel Carrère, foi o tema principal da conversa da peruana Gabriela Wiener com a jornalista Marília Scalzo na Casa do IMS.

03.07.2016

Benjamin Moser

Benjamin Moser

Biógrafo de Clarice Lispector, Benjamin Moser criticou, em conversa com Eucanaã Ferraz na Casa do IMS, quem busca engajamento político na obra da escritora e destacou um aspecto dela que pouco se comenta: o humor.

03.07.2016