J.P. Cuenca

J.P. Cuenca

J.P. Cuenca

J.P. Cuenca escolheu Lima Barreto, sobretudo o romance “Recordações do escrivão Isaías Caminha”, para tema de sua conversa com Paulo Roberto Pires na Casa do IMS. “Seus livros eram reflexos tão perfeitos da sociedade que se tornavam ofensivos.”

02.07.2016