JAZZ

Charlie Parker

Charlie Parker, o homem e o mito

Reinaldo Figueiredo celebra o centenário de Charlie Parker reunindo momentos brilhantes do saxofonista que as drogas destruíram aos 34 anos. Faixas do filme Bird e uma versão de Tico-tico no fubá estão no programa.

17.07.2020

Ella Fitzgerald. MIchael Orchis Archives

Música para quem não tem pressa – Songbooks de Ella Fitzgerald

Entre 1956 e 1964, Ella Fitzgerald gravou 17 LPs com músicas dos oito maiores compositores da música popular americana. João Máximo selecionou 30 faixas para oferecer uma degustação refinada dessa produção monumental.

29.06.2020

Billie Holiday

Jazz de protesto

O jazz sempre participou da luta permanente contra o racismo nos EUA. Reinaldo Figueiredo selecionou músicas e músicos fundamentais nessa história: Black and blue com Louis Armstrong; Strange fruit com Billie Holiday (foto), e outras gravações marcantes.

17.06.2020

Gil Evans e Miles Davis. Foto de Don Hunstein

Arranjadores, os arquitetos do som

Miles Davis e Gil Evans (foto), Duke Ellington e Billy Strayhorn, Dizzy Gillespie e Lalo Schifrin são três encontros célebres no jazz entre arranjadores e líderes de conjuntos (ou orquestras). Reinaldo Figueiredo selecionou esses nomes e outros, como Moacir Santos.

21.05.2020

Música para quem não tem pressa - 'Tempo feliz', de Baden Powell

Música para quem não tem pressa – ‘Tempo feliz’, de Baden Powell

Lançado em 1966 para marcar a volta de Baden Powell ao Brasil, após um período na França, Tempo feliz é um disco clássico do jazz brasileiro. Reinaldo Figueiredo recomenda para a quarentena. O gaitista Maurício Einhorn participou de quatro faixas.

12.05.2020

Dee Dee Bridgwater

Música para quem não tem pressa – Love and peace, de Dee Dee Bridgewater

Reinaldo Figueiredo recomenda para a quarentena o disco de Dee Dee Bridgewater dedicado à obra de Horace Silver, pianista e também letrista. Neste álbum de 1995, a cantora brilha tanto em melodias suaves quanto em improvisos arrasadores.

28.04.2020

Milton Nascimento e Esperanza Spaliding. Foto de Alexandre Durão

Milton Nascimento também é jazz

Reinaldo Figueiredo selecionou versões jazzísticas de Ponta de areia, Cais, Nada será como antes e outras canções para exemplificar o prestígio de Milton Nascimento entre os instrumentistas. Esperanza Spalding (na foto com Milton) é uma das intérpretes.

16.04.2020

Brad Mehldau

O jazz que veio dos livros

A literatura pode ser uma fonte do jazz, como demonstra Reinaldo Figueiredo neste programa. Entre outros exemplos, Brad Mehldau (foto) homenageia a geração beatnik, Jeff Gardner se inspira em Paul Auster e Arthur Dutra põe Kant no samba-jazz.

19.03.2020