Johnny Alf

O inesperado fez uma surpresa: Johnny Alf

O inesperado fez uma surpresa: Johnny Alf

Johnny Alf misturou formação clássica com muito jazz e música brasileira, o que resultou numa obra original, referência para a bossa nova. Reinaldo Figueiredo reúne versões de algumas das principais composições de Alf e apresenta uma gravação inédita, de 2002.

19.11.2020

Mauro Senise. Foto de Ana Luisa Marinho

Mauro Senise e a música de Johnny Alf

A obra inconfundível de Johnny Alf é a matéria-prima do novo CD de Mauro Senise. O flautista e saxofonista conversa com Joaquim Ferreira dos Santos sobre as características das músicas de Alf, como Ilusão à toa e Eu e a brisa.

28.10.2020

Wanda Sá

Pelo telefone: Wanda Sá pede ‘Rapaz de bem’

A cantora Wanda Sá conta que uma das primeiras músicas que aprendeu a tocar no violão foi Rapaz de bem. Ela escolheu para a série “Pelo telefone”, no site Discografia Brasileira, a composição de Johnny Alf interpretada pelo próprio em 1956.

10.06.2020

Ed Motta

Pelo telefone: Ed Motta pede ‘O tempo e o vento’

Johnny Alf foi um cantor e compositor à frente do seu tempo, afirma Ed Motta. Ele escolheu para a série “Pelo telefone” uma gravação de 1956, antes da bossa nova, portanto. O fonograma está no site Discografia Brasileira.

08.06.2020

Johnny Alf

Salve o compositor popular – Johnny Alf e João Donato

A série de encontros mensais “Salve o compositor popular”, conduzida pelo professor de literatura Sergio Roberto Montero Aguiar, trata em 29 de maio de dois grandes pianistas e compositores, tidos como precursores da bossa nova.

24.05.2019