malandro

Machismo no samba

Machismo no samba

As mulheres apanhavam muito nos sambas da primeira metade do século XX. Boas só as Amélias e Emílias. As letras incomodam hoje, mas as ótimas melodias sobreviveram. Nas últimas décadas, o machismo diminuiu muito no samba, mas não desapareceu.

27.06.2016

Malandro é malandro, sambista é sambista

Malandro é malandro, sambista é sambista

Boêmios e andando no limite da marginalidade, os malandros protagonizaram as letras de samba na virada dos anos 1920 para os 1930. Estiveram no centro da polêmica Noel Rosa x Wilson Baptista. E, como prova Bezerra da Silva, nunca saíram de cartaz.

06.06.2016