marchinha

Jackson do Pandeiro

A carne é fraca, mas dá música

A carne também foi problema em 1959, quando o sucesso da marchinha Boi da cara preta, com Jackson do Pandeiro, fez parte da população entrar na brincadeira preconceituosa e acreditar que comer alimento resultava em perda da masculinidade para os homens. Joaquim Ferreira dos Santos ressalta que a canção integra uma corrente gastronômica da música brasileira.

24.03.2017

O carnaval em J. Carlos

O carnaval em J. Carlos

O sisudo J. Carlos foi um apaixonado e brilhante cronista visual do carnaval carioca da primeira metade do século XX. Grande conhecedor de sua obra, Cássio Loredano ilumina a relação do artista com a festa e seleciona músicas citadas nas ilustrações.

06.03.2017

Música de carnaval - O humor incômodo das marchinhas

Música de carnaval – O humor incômodo das marchinhas

Algumas delas são tidas hoje como racistas, machistas ou homofóbicas. Mas, na história do carnaval, as marchinhas garantiram grande parte da alegria dos foliões, vivendo seu auge nos anos 1930 e 1940 e mantendo sua força até a década de 1960.

12.02.2017

Música de carnaval - Alas abertas

Música de carnaval – Alas abertas

Abrindo a série de quatro programas sobre músicas de carnaval, lembramos a pré-história do gênero, o início da tradição com “Ó abre alas” e as primeiras marchinhas, como a hoje polêmica “O teu cabelo não nega”.

05.02.2017

Japonês da Federal - O novo General da Banda

Japonês da Federal – O novo General da Banda

O Carnaval chega cantando em marchinhas o “japonês” da Polícia Federal, que tantas prisões efetuou, e os mauricinhos que atormentaram Chico Buarque na noite do Leblon. Joaquim Ferreira dos Santos pede passagem para fevereiro em sua nova crônica.

28.01.2016

Bananas

Bananas

A banana que Daniel Alves comeu durante o jogo do Barcelona e mexeu com as redes sociais de todo o mundo é velha inspiração da música brasileira. Joaquim Ferreira dos Santos faz uma seleção de João de Barro a Ultraje a Rigor, passando por Caetano e Gil.

28.04.2014

Virgínia Lane

Virgínia Lane

Virgínia Lane, a “Vedete do Brasil”, título dado por Getúlio Vargas, morreu neste 10 de fevereiro de 2014, aos 93 anos. A Rádio Batuta reúne várias gravações da cantora, incluindo seu maior sucesso, a marchinha “Sassaricando”.

10.02.2014