Ouve essa

Carioca 1954

Carioca 1954

A voz de Dolores Duran e os versos de Antônio Maria estão neste samba-canção que exalta a noite carioca da década de 1950.

18.01.2021

Baile da Piedade

Baile da Piedade

Por causa do humor que marcava suas interpretações, Jorge Veiga ficou conhecido como o “caricaturista do samba”. Baile da Piedade, de 1947, é um ótimo exemplo.

11.01.2021

Brasil pandeiro

Brasil pandeiro

Samba-exaltação bem diferente, com muito humor, a composição de Assis Valente foi dispensada por Carmen Miranda e lançada pelo conjunto Anjos do Inferno em 1941. Três décadas depois, faria sucesso com os Novos Baianos.

04.01.2021

Folha morta

Folha morta

O samba-canção Folha morta, de Ary Barroso, foi lançado em 1956 na voz de Jamelão. A parceria do cantor com a Orquestra Tabajara é um ponto alto da música brasileira.

28.12.2020

Doce de coco

Doce de coco

A interpretação de Doce de coco por seu autor, Jacob do Bandolim, é um dos grandes momentos da história do choro. A gravação de 1951 traduz a excelência do músico.

21.12.2020

Sertaneja

Sertaneja

Orlando Silva, chamado de “o cantor das multidões” e também adorado pelos estudiosos, estava no auge em 1939, quando gravou Sertaneja. A composição de René Bittencourt é exemplo de um Brasil seresteiro.

14.12.2020

Mocinho bonito

Mocinho bonito

Personagens da vida carioca, como o falso malandro de Mocinho bonito, eram muito bem retratados por Billy Blanco em suas crônicas em forma de samba. Dóris Monteiro gravou a música em 1956.

07.12.2020

Chove lá fora

Chove lá fora

Clássico da música romântica brasileira, Chove lá fora, lançado em 1956, prova que Tito Madi era tão bom cantor quanto compositor.

30.11.2020