sertões

Guilherme Freitas, Jorge Coli e Hélio de Seixas Guimarães

Jorge Coli e Hélio de Seixas Guimarães

Para Coli, professor da Unicamp, Os sertões é “o maior livro da nossa literatura”, que desmontou as ideias racistas do próprio Euclides da Cunha. Já Guimarães (USP) mostrou como Machado de Assis foi agudo e profético em suas crônicas sobre Canudos, que se mantêm atuais.

29.07.2019

Episódio 1 - O livro vingador

Episódio 1 – O livro vingador

Em 1897, Euclides da Cunha se tornou correspondente de guerra em Canudos. Cinco anos depois, em “Os sertões”, ele definiu a vitória do Exército como “um crime”. Walnice Nogueira Galvão e Francisco Foot Hardman mostram como Euclides inscreveu Canudos no imaginário nacional.

03.07.2019

Foto de Flávio de Barros

Episódio 2 – A história dos vencidos

“O sertanejo é, antes de tudo, um forte”, sentenciou Euclides da Cunha. Este episódio discute como o escritor retratou os sertanejos em sua obra. Também conta quem foi Antônio Conselheiro e como era a vida em Canudos antes do massacre.

03.07.2019

Habitantes de Canudos detidos pelo Exército. Todos foram mortos. Foto de Flavio de Barros. Restauração digital do IMS

Episódio 3 – Visões do sertão

As fotos feitas por Flávio de Barros, como a dos cerca de 400 habitantes de Canudos presos, são a documentação visual da guerra. Evandro Teixeira e Maureen Bisilliat, fotógrafos entrevistados deste episódio, tiveram a obra de Euclides da Cunha como inspiração para seus livros.

03.07.2019

Foto do livro "Sertões: luz e trevas", de Maureen Bisilliat/Acervo IMS

Episódio 4 – Ecos de Euclides

A homenagem a Euclides da Cunha na Flip 2019 indica que sua obra continua a despertar interesse e espanto. O diretor teatral José Celso Martinez Corrêa e o escritor Milton Hatoum, artistas próximos de “Os sertões”, avaliam o que o livro pode nos dizer sobre o Brasil de hoje.

03.07.2019

Ruínas de Canudos submersas no açude de Cocorobó, nos anos 1990. Foto de Evandro Teixeira

Episódio 5 – Canudos é aqui

O episódio final da série conta a história recente de Canudos pelo ponto de vista de dois personagens locais: o historiador João Batista, guia do Parque Estadual de Canudos, e o músico Fábio Paes, que pesquisa os cantos populares que evocam a guerra.

03.07.2019

Sertões: histórias de Canudos

Sertões: histórias de Canudos

Em cinco episódios, a série de podcasts conta como um conflito do século 19, em que o Exército matou milhares de pessoas pobres, está viva graças a Euclides da Cunha e sua obra Os sertões.
Guilherme Freitas, que entrevistou estudiosos, artistas e um canudense, narra a história.

02.07.2019

Sambas com enredo

Sambas com enredo

No início de sua história, as escolas de samba desfilavam apenas com um ou outro refrão, improvisando os demais versos. Ao longo dos anos 1930, formou-se a ideia do samba-enredo, ou seja, de uma música feita para contar uma determinada história. Silas de Oliveira, do Império Serrano, foi o maior nome do gênero. A partir …

14.08.2016