Vinicius de Moraes

João Gilberto. Foto de Francisco Pereira

Episódio 10 – ‘Chega de saudade’, a glória final dos 78 rpm

A história dos discos em 78 rotações teve seu último grande momento em agosto de 1958, quando foi lançada a versão de João Gilberto para “Chega de saudade”. “É o acontecimento mais importante da música brasileira em todos os tempos”, afirma Joyce Moreno neste episódio.

03.02.2020

Secos e Molhados

João Gilberto raro, Tom solo, Secos & Molhados, Mariana Baltar…

O Secos & Molhados está na seleção de Zuza Homem de Mello com a bela canção Fala. O programa também tem João Gilberto cantando Lupicínio Rodrigues num registro nunca lançado em disco; Tom Jobim sozinho ao piano; e Mariana Baltar interpretando Aldir Blanc.

24.01.2020

Djavan & Bosco, Toquinho & Vinicius, novos nomes...

Djavan & Bosco, Toquinho & Vinicius, novos nomes…

Corsário com Djavan e João Bosco ao vivo está na seleção de Zuza Homem de Mello. Outra dupla forte, Toquinho e Vinicius de Moraes, é lembrada com o sucesso Tarde em Itapoã. O programa ainda tem ótimas faixas instrumentais e artistas ainda pouco conhecidos.

04.10.2019

Caetano Veloso e Maria Gadú

Caetano, Chico, Tom, Vinicius…

A seleção de Zuza Homem de Mello tem alguns dos principais compositores brasileiros. Caetano Veloso, por exemplo, canta a sua O quereres com Maria Gadú. Chico Buarque interpreta Nina. Uma versão de Garota de Ipanema também está no programa.

08.02.2019

Vinicius de Moraes, Dorival Caymmi e Tom Jobim

Tom canta Vinicius, João Gilberto canta Caymmi…

Doralice, de Dorival Caymmi, na interpretação de João Gilberto abre o programa de Zuza Homem de Mello. O encerramento é com Tom Jobim recitando e cantando versos de seu parceiro Vinicius de Moraes. Entre outros destaques há Dalva de Oliveira e Gal Costa.

18.01.2019

Vinicius de Moraes

Capítulo 1 – Vinicius

Foi em função da poesia de Vinicius de Moraes que nasceu o projeto de Canção do amor demais. Em áudio reproduzido no episódio, ele explica por que Elizeth Cardoso o emocionava tanto. E João Máximo mostra o percurso musical do letrista antes da bossa nova.

03.04.2018

Antonio Carlos Jobim

Capítulo 2 – Jobim

Antes de ser convidado por Vinicius para compor com ele a trilha da peça Orfeu da Conceição, Tom Jobim tinha vários sambas-canção gravados. João Máximo recorda toda a fase pré-Canção do amor demais do compositor (1952 a 58), inclusive suas parcerias com Dolores Duran.

03.04.2018

Elizeth Cardoso

Capítulo 3 – Elizeth

De origem pobre e com vibratos na voz, Elizeth Cardoso não combinava com o que seria a bossa nova. Mas ela participou dessa história porque Tom e Vinicius eram seus fãs e a queria em Canção do amor demais. Entrou no lugar de Dolores Duran, que pediu um cachê mais alto.

03.04.2018