• Hamilton de Holanda e Rogério Caetano

    Casa do Choro

    O que marcou 2017

    O ano teve datas importantes (120 anos de Pixinguinha, 100 anos de Severino Araújo, 80 anos de Baden Powell e Joel Nascimento etc.) e novos CDs de grande qualidade, como os de Marcelo Caldi, Rogério Caetano (na foto, com Hamilton de Holanda) e do duo Alessandro Penezzi/Yamandu Costa.

  • Parte da Banda Mantiqueira

    A volta ao jazz em 80 mundos

    O balanço do ano. E que balanço!

    Reinaldo Figueiredo montou uma seleção brasileira para o programa de destaques de 2017. Hermeto Pascoal, Antonio Adolfo, Bocato e a Banda Mantiqueira (foto) estão entre os que realizaram gravações marcantes no ano.

  • Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho

    Playlist do Zuza

    Destaques da música instrumental e João Gilberto em gravação rara

    Zuza Homem de Mello selecionou grandes faixas instrumentais, como Feira de mangaio com Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho; e Doce de coco com Yo-Yo Ma, Paquito D'Rivera e Romero Lubambo. O programa ainda tem João Gilberto cantando nos EUA, em 1976, em show recém-lançado em CD.

Geração de 1942/Nei Lopes – Senhora liberdade

Música é História

Geração de 1942/Nei Lopes – Senhora liberdade

Reconhecido hoje como um dos principais letristas brasileiros, Nei Lopes teve a primeira fase de sua carreira marcada pela parceria com Wilson Moreira, com quem fez Senhora liberdade, Coisa da antiga e outros sambas.

Chiquinha Gonzaga

Casa do Choro

Chiquinha Gonzaga

Pioneira no choro e em muitos outros aspectos da vida do país, Chiquinha Gonzaga é homenageada neste programa em função dos 170 anos de seu nascimento. Um painel de sua obra é montado em meio a gravações de Pixinguinha, Maria Teresa Madeira, Antonio Adolfo e outros.

Gal, Callado e Ana C. nos tempos da ditadura

Podcast serrote

Gal, Callado e Ana C. nos tempos da ditadura

No livro Tudo em volta está deserto, Eduardo Jardim reflete sobre a arte na ditadura a partir do show Gal a todo vapor, do romance Quarup e da poesia de Ana Cristina Cesar. Para ele, arte e pensamento são mais efetivos do que engajamento político.

Geração de 1942/Paulinho da Viola – Bebadosamba

Música é História

Geração de 1942/Paulinho da Viola – Bebadosamba

Paulinho realizou em 1996 um excelente disco, Bebadosamba, e desde então não entrou mais em estúdios. Mas fez bons discos ao vivo, gravando pela primeira vez As rosas não falam e mantendo-se no topo da MPB, apesar da produção reduzida.

Fábio Peron

Especiais

Fábio Peron

Fábio Peron, um dos principais bandolinistas da atualidade, mostrou no IMS Paulista músicas de seu CD Afinidades e composições de Pixinguinha e Jacob do Bandolim. Ele explicou o estilo de Jacob e destacou a influência que sofreu de Joel Nascimento e Izaías Bueno de Almeida.

A festa caipira de Mônica Salmaso

Especiais

A festa caipira de Mônica Salmaso

Mônica Salmaso explica como chegou a um CD dedicado à música regional e suas escolhas de repertório, algumas feitas fora do universo caipira. O programa apresenta sete faixas do novo disco da cantora.