O primeiro episódio da série recorda a infância de Jacob Pick Bittencourt, filho de um farmacêutico capixaba com uma polonesa que fugiu da Primeira Guerra e gerenciou, na Lapa carioca, uma pensão voltada para a prostituição. A paixão pelo violino que escutava um francês cego tocar no andar de baixo evoluiu para um bandolim que logo dominou. Aos 15 anos ele já estreava no rádio, iniciando uma brilhante carreira de intérprete, compositor e acompanhante de cantores, como Ataulfo Alves. O programa conta com uma gravação rara de Jacob com Pixinguinha e Benedito Lacerda

Repertório

Reminiscências (Jacob do Bandolim) – Jacob do Bandolim

É do que há (Luís Americano) – Jacob do Bandolim

Si alguém soffreu (Jacob do Bandolim) – Aracy de Almeida

Ai, que saudades da Amélia (Ataulfo Alves e Mário Lago) – Ataulfo Alves e Jacob do Bandolim (trecho)

Treme-treme (Jacob do Bandolim) – Jacob do Bandolim, Pixinguinha e Benedito Lacerda

Cabuloso (Jacob do Bandolim) – Jacob do Bandolim

 

Apresentação e roteiro: Pedro Paulo Malta

Concepção: Paulo Aragão, Marcílio Lopes e Pedro Aragão

Colaboração: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro

Apoio: Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro