O cantor Deo, nome artístico do carioca Ferjalla Rizkalla (1914-1971), foi um dos grandes nomes da música brasileira na década de 1940, a ponto de ser conhecido como “O ditador de sucessos”. Emplacava um atrás do outro, lançando músicas de Ary Barroso, Braguinha, Dorival Caymmi, Lupicínio Rodrigues e David Nasser. Dedicava-se principalmente ao samba. …E o 56 não veio, de Wilson Batista e Haroldo Lobo, gravado em 1944, na Continental, é um dos bons exemplos de sua arte, uma mistura de boa voz e balanço carioca. O acompanhamento é do conjunto de Benedito Lacerda.

Seleção e texto: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro