Egberto Gismonti

Áudios

Ouça

Fluminense da cidade de Carmo, nascido em família de músicos, Egberto Gismonti trocou a vocação de concertista pela realização como um dos mais completos, versáteis e originais artistas brasileiros. Alexandre Dias destaca a importância de Gismonti para a música nacional e sua capacidade de tocar muitos instrumentos, com técnicas particulares. Nenhuma categorização é suficiente para definir Gismonti, acredita Dias, que selecionou a gravação ao piano solo da célebre composição Loro, do disco Alma, de 1986.

 

Este programa é uma parceria com o Instituto Piano Brasileiro (www.institutopianobrasileiro.com.br). Também vai ao ar na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro aos domingos, às 20h.

Roteiro e apresentação: Alexandre Dias


Egberto Gismonti

Carlos Ibanez

Áudios

Ouça

 

Para mostrar a versatilidade do multiinstrumentista Egberto Gismonti, Ricardo Silveira selecionou algumas de suas muitas gravações, como uma de seu primeiro disco, de 1969: Salvador. Há uma versão ao vivo da famosa Dança das cabeças, ao lado de Naná Vasconcelos. A clássica Berimbau é outra ao violão, enquanto Baião malandro, Palhaço e Louro são interpretadas ao piano. 

Músicas

Salvador (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti e Wilson das Neves

Berimbau (Baden Powell e Vinicius de Moraes) – Egberto Gismonti

Dança das cabeças (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti e Naná Vasconcelos

Baião malandro (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti

Palhaço (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti

Louro (Egberto Gismonti) – Egberto Gismonti

Apresentação: Ricardo Silveira

Edição e sonorização: Filipe Di Castro