No filme Elis, há uma cena em que ela ironiza Nara Leão e diz que cantora tem de botar a voz para fora. Em sua nova crônica, Joaquim Ferreira dos Santos mostra que às vezes concorda com essa ideia, às vezes não. Seu estilo preferido de cantora muda de acordo com a época, indo de Aracy de Almeida a Dalva de Oliveira, de Marisa Monte a Maria Alcina. No momento, após ver o filme, ele não tem dúvida de que Elis Regina é a maior cantora do Brasil.

As crônicas de Joaquim Ferreira dos Santos também podem ser ouvidas no canal de podcasts Rádio Batuta. Baixe o app na loja de sua preferência (como App Store e Google Play).

Texto e locução: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro