Gabriel Grossi, um dos principais gaitistas da atualidade, resolveu comemorar 20 anos de carreira homenageando alguns de seus mestres. Os dois principais são Mauricio Einhorn, o maior nome brasileiro da gaita (ou harmônica, como muitos instrumentistas preferem), e Hermeto Pascoal. Eles participam do CD/DVD #em movimento, gravado ao vivo pelo Gabriel Grossi Quinteto no Teatro Plínio Marcos, em Brasília, cidade natal do músico. No repertório do disco e deste programa da Batuta estão temas compostos para Einhorn, para o trombonista Raul de Souza e para o mais célebre de todos os gaitistas, o belga Toots Thielemans.

Em entrevista realizada no estúdio da Batuta, Grossi detalha essas relações e influências. Comenta sua carreira, como a participação no quinteto do bandolinista Hamilton de Holanda. E toca sua versão muito particular de Carinhoso, o clássico de Pixinguinha.

Repertório

Irmãos latinos (Hermano Pascoal) – Gabriel Grossi Quinteto e Hermeto Pascoal

Acalanto pro Einhorn (Gabriel Grossi) – Gabriel Grossi Quinteto

Samba pro Toots (Gabriel Grossi) – Gabriel Grossi Quinteto

Toca Raul (Gabriel Grossi) – Gabriel Grossi Quinteto

Carinhoso (Pixinguinha e João de Barro) – Gabriel Grossi no estúdio da Batuta

 

Veja Gabriel Grossi falando de sua relação com Mauricio Einhorn e interpretando Carinhoso.

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna

Edição: Filipe Di Castro

 

Confira a edição do programa A Volta ao Jazz em 80 Mundos, de Reinaldo Figueiredo, sobre Mauricio Einhorn.

Confira também a edição de A Volta ao Jazz em 80 Mundos sobre Hermeto Pascoal.