Talvez mais do que qualquer outro na música brasileira, João Gilberto é um intérprete-autor. Praticamente todas as canções que grava passam a soar como suas criações. Para saudar os 85 anos que ele completa neste 10 de junho, a Batuta reuniu dez registros de várias épocas (1959 a 2004). E pôs, ao lado, gravações feitas anteriormente por outros artistas. Não se trata de maniqueísmo, pois alguns dos artistas foram influências fundamentais para João, como os conjuntos vocais e, sobretudo, Orlando Silva. Mas a comparação permite que se perceba como o baiano altera harmonia, canto, ritmo… Ou seja, “o som”, como ele diz. E seu fraseado é especial. Em Ave Maria no morro, por exemplo, Dalva de Oliveira, no Trio de Ouro, canta “barracão… de zinco”, separando bem as palavras, enquanto João canta “barracão-de-zinco”, estabelecendo uma continuidade de sons e de ideias, bem ao modo de Orlando. São detalhes que se tornam importantes na obra de um artista para quem as menores coisas são enormes. A escalação de Me chama é para ressaltar o que se sabe: bossa nova não é um movimento ou um gênero, mas uma maneira de apresentar (ou reapresentar) uma canção, mesmo que de rock. E foi João o criador dessa maneira de ver a música e o mundo. Sua principal matéria-prima são os sambas que ouve desde a infância, como Preconceito, de Wilson Baptista. Para ele, a bossa nova já estava presente ali.

Repertório

Rosa Morena (Dorival Caymmi) – Anjos do Inferno (1942)

Rosa Morena (Dorival Caymmi) – João Gilberto (do disco Chega de saudade, de 1959)

Morena Boca de Ouro (Ary Barroso) – Sílvio Caldas (1941)

Morena Boca de Ouro (Ary Barroso) – João Gilberto (do disco Chega de saudade, de 1959)

Izaura (Herivelto Martins e Roberto Roberti) – Francisco Alves (1945)

Izaura (Herivelto Martins e Roberto Roberti) – João Gilberto e Miúcha (do disco João Gilberto, de 1973)

Wave (Antonio Carlos Jobim) – Elis Regina e Toots Thielemans (1969)

Wave (Antonio Carlos Jobim) – João Gilberto (do disco Amoroso, de 1977)

Me chama (Lobão) – Lobão (1984)

Me chama (Lobão) – João Gilberto (da trilha da novela Hipertensão, de 1986)

Ave Maria no morro (Herivelto Martins) – Trio de Ouro (1942)

Ave Maria no morro (Herivelto Martins) – João Gilberto (do disco João, de 1990)

You do something to me (Cole Porter) – Lena Horne (1955)

You do something to me (Cole Porter) – João Gilberto (do disco João, de 1990)

A valsa de quem não tem amor (Custódio Mesquita e Evaldo Rui) – Nelson Gonçalves (1945)

A valsa de quem não tem amor (Cole Porter) – João Gilberto (do disco ao vivo Eu sei que vou te amar, de 1994)

Preconceito (Wilson Baptista e Marino Pinto) – Orlando Silva (1941)

Preconceito (Wilson Baptista e Marino Pinto) – João Gilberto (do disco In Tokyo, de 2004)

Adeus América (Geraldo Jaques e Haroldo Barbosa) – Os Cariocas (1948)

Adeus América (Geraldo Jaques e Haroldo Barbosa)  – João Gilberto (do disco In Tokyo, de 2004)

 

Seleção: Luiz Fernando Vianna

Edição: Filipe Di Castro